Como não ser uma vítima da moda


Depois de algumas idas e vindas, eis que finalmente voltei, “voltei para ficar, porque aqui, aqui é o meu lugar…” rsrsrs.

Se você acompanha o perfil no Instagram sabe que estamos com vídeos semanais no canal do IGTV e voltaremos a ter posts inicialmente quinzenais por aqui.

Os vídeos entrarão também toda sexta aqui no blog, para que vocês possam acompanhar caso não tenham ou não gostem de acessar o Instagram, a idéia é que todos tenham acesso ao conteúdo por completo! =)

Espero que gostem das novidades que realmente são novidades agora, rs, e sem muito enrolo, vamos ao assunto do post!


Apesar de já estarmos começando a nos familiarizar com o termo slow fashion, o caminho para diminuir o ritmo das compras desenfreadas ainda é longo!

Então para te ajudar a entender um pouco mais sobre a importância desse conceito, para você e para o meio ambiente, resolvi juntar aqui algumas dicas, ou passos, que você pode seguir mesmo acreditando não saber qual é o seu estilo:

As Patricinhas de Beverly Hills.
  • Primeiro passo: ao encontrar uma peça  que goste, não compre! Saia da loja e pense na real necessidade daquela aquisição no seu guarda-roupa;
  • Respire fundo, tome um café (ou chá, não temos preconceito por aqui! rs), e deixe o calor do momento passar, talvez foi só um fogo de palha para gastar;
  • Ainda continua com a peça na cabeça? Então agora sim tente visualizar o que você possui no armário e se com esse item você consegue montar pelo menos quatro looks diferentes (o ideal é quanto maior a quantidade de looks, melhor!);
  • Outro ponto importantíssimo é tentar lembrar se já não possui nada igual ou parecido com isso, se a resposta for sim, num precisa né miga? Pior ainda se o que você possui mal é usado;
  • Se depois desses passos você sentiu que ainda vale a pena investir nessa aquisição, volte e faça tudo novamente para garantir que tem certeza! Se for sim, vá e seja feliz! (Mas não esqueça de ser sincera em todas as respostas acima! )

Claro que  isso é só uma rápida passada nos motivos pelos quais devemos nos sentir compelidos a comprar algo!

E antes de qualquer passo nessa lista, considere fazer uma limpa no seu guarda-roupa!

Sabe a Marie Kondo?

Marie Kondo

Então, agradeça o que não te traz mais alegria e doe para que possa trazer alegria a outras pessoas. E o que ficar, organize de forma que consiga visualizar constantemente! =)

Agora me contem aqui nos comentários quais os métodos que vocês usam ou acham também super necessários para evitar cair na armadilha de comprar por comprar!

2 comentários em “Como não ser uma vítima da moda

Deixe uma resposta para Caroline Daudt Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com