Não estou aqui para mostrar o que não sou

Esses dias recebi um comentário no Instagram que me chamou atenção: “Amo suas fotos e looks, mas acho que você repete suas roupas demais”.

Fiquei um pouco perplexa em receber um comentário desse tipo em um momento que estamos respirando sustentabilidade, moda consciente e a necessidade de entendermos o consumo de qualidade e não quantidade.

Respirei fundo, me dei tempo para interpretar aquele comentário e respondi agradecendo e explicando que tenho que repetir, afinal são roupas que compro, ou ate ganho com parcerias, mas que realmente fazem parte da minha rotina de vestimenta, de quem eu sou.

Depois desse acontecimento parei para refletir em algumas coisas.

PRIMEIRO: Sim, sou blogueira, trabalho com parcerias onde sou “presenteada” com produtos para fazer propaganda, mas nunca aceitei uma colaboração só para receber brinde, e mesmo não estando entre grandes nomes da blogosfera, sou bastante seletiva nas campanhas que me envolvo, porque quero mostrar a minha realidade de vida e como aquele produto tem a ver comigo e com o que eu quero mostrar para os meus seguidores. Esse foi o propósito de eu ter começado esse trabalho.

SEGUNDO: Roupas não devem ser tratadas como descartáveis.

Além de estar totalmente contra o apelo da compra consciente, nos desgasta emocionalmente nessa saga desenfreada de querermos ser e viver uma vida de mídia, duvidando da nossa capacidade de sabermos o que é melhor ou não para nós mesmos.

TERCEIRO: Essa é uma das maiores razões pelo qual estou aqui:

É claro que amo receber coisas, claro que tenho alguns sonhos consumistas/fashionistas, mas isso não é o modo operandi da minha vida e não deve ser de ninguém!

E é por isso que estou aqui, para mostrar que você pode amar, desejar e consumir moda, até dar uns tropeços na forma de lidar com esses sentimentos, mas não deixa-los moldar sua vida.

QUARTO: E último. Isso tudo só me mostra que ainda estamos longe de ter criado a consciência ideal para o consumo, mas prova que existe uma luz no fim do túnel. Como o fato desse simples comentário ter me dado a oportunidade de abrir essa porta de debate aqui com vocês. =)

 

Então vamos papear nos comentários?

Me contem o que acham dessa visão de consumo e se acreditam que somos capazes de mudar a forma que consumimos!

4 comentários em “Não estou aqui para mostrar o que não sou

  1. Perfeito, concordo demais com vc. Acho Q vc está indo por uma linha, por um caminho pouco explorado até agora, do consumo consciente. Não vai ser fácil, mas eh uma missão importante. Tô nessa tbm 😊

    1. Ah brigada pelo comentario Alessandra!

      As vezes a gente intepretaa vida de blogueiro, influencer e etc como algo que deveria ser uma capa de revista ou algo do tipo ne? Ai acabamos deixando de buscar o que realmente temos que buscar nos influenciadores, uma visao mais humana e menos marketing das coisas. =)

      Brigada pelo carinho e pelos elogios e se sou algo aqui e por causa de pessoas como voce.=)

Deixe uma resposta para Alessandra Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com