TOPO

Papo do dia: Golden Globe looks

Ontem a noite a porta das premiações 2016 se abriram com o Golden Globe. Estávamos todos ansiosos, afinal de contas todas as celebridades que vão, principalmente as que estão entre os indicados, recebem várias opções de estilistas famosos para brilharem no tapete vermelho.
Infelizmente alguns consultores de imagem parece que não entendem muito bem o perfil do seu cliente, ou então se perdem no meio de tantas opções e acabam deixando muitos artistas em “maus lençóis” piadinha do dia.
Resolvi colocar nesse post as imagens mais chocantes ou acalentadoras daquelas que venceram as estatuetas para vermos se seus looks foram dignos do ganho delas.

No quesito televisão:

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – SÉRIE DE TV/MINISSÉRIE/TELEFILME: Maura Tierney – The Affair

Acho que de todas, ela foi a que mais sofreu com a opção escolhida. O vestido é simples, mas nem seria o problema se não fosse o resto da combinação. A make e cabelo estão completamente desleixados e olhando o look por inteiro parece até que ela não queria estar ali e aí resolveu pegar qualquer coisa que estava na frente e foi. O batom e a pele pálidos, e um mísero delineado deixaram ela com cara de quem acabou de levantar. Até os acessórios dão sono. Tentou ser minimalista, mas errou feio.

MELHOR ATRIZ – MINISSÉRIE/TELEFILME: Lady Gaga – American Horror Story: Ho
tel

Gosto do estilo ousado da Lady Gaga, adorei ela em AHS, mas não gosto dela viver querendo copiar Marylin Monroe. Uma coisa é se inspirar, outra é clonar. Ela tem um estilo próprio, que quando bem assessorado, flui perfeitamente para qualquer premiação. Falando do look, estava lindo, cabelo e make perfeitos e o vestido fechando de maneira fluida, mas deixou muito a desejar, porque não era ela.

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA/MUSICAL: Rachel Bloom – Crazy Ex-Girlfriend

Não conheço a atriz, mas achei que ela tem futuro. Adorei o tom de verde do vestido e a clutch com o verde degradê, pra não errar no meio de uma cor forte, uma make básica, mas muito bem feita, e o cabelo solto, mas com umas ondas meio praianas, dando leveza ao look. Falta alguma coisa aí, mas no básico, se seguir assim, vai chegar a perfeição.

MELHOR ATRIZ – DRAMA: Taraji P. Henson – Empire

Conheço essa atriz de algum lugar, só não me recordo qual.
Não costumo gostar de vestidos brancos no tapete vermelho, fica estranho a sensação de noiva chegando para sua noite, mas esse, no contexto que estava, curti. Um estilo minimalista que poderia ser estragado se não fossem as estrelas do look, os acessórios. Amei a clutch e o brinco de pedras verdes me matem, não sei quais são, a make com um ar presunçoso (acho que até demais, porque a mulher só sabia fazer carões duvidosos, esse da foto foi o melhor que consegui), um tom de cinza amarronzado, e a boca um nude lustre.

No quesito cinema:

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Kate Winslet – Steve Jobs

Todo mundo lá, com seus consultores fajutos, e do nada me aparece ela, nossa eterna Rose e sempre certeira nos looks. O vestido azul impecável, com um acetinado do lado para dar um plus, a make perfeita com um leve esfumado e a boca nude rosada e os acessórios em tom de prata, para fechar com perfeição. Inclusive serei madrinha de um casamento nesse fim de semana, de vestido azul, então já tô salvando essas fotos para inspirar meu look, porque até o penteado tô querendo fazer igual.
Apesar dela não sair de sua zona de conforto, sempre acerta. Em time que está ganhando não se mexe.

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA/MUSICAL: Jennifer Lawrence – Joy: O nome do sucesso

Tenho que dizer que fico sempre ansiosa pelos looks da J.Law por causa da parceria dela com a Dior. Eles sempre lançam coisas maravilhosas o ano todo, e que ficamos an expectativa de vê-la usando, mas aí não sei porque cargas d’água ela sempre protagoniza os tapetes mais bizarros do cinema. Acho uma maldade o que fazem com ela.
Esse tapete não foi dos melhores, mas em comparação ao do ano passado (lembram do lençol branco com fitas pretas?) podemos dizer que tem um indício de reconciliação se aproximando.Achei simpático o vestido vermelho com recortes estratégicos e o cordãozão arrebatador. Só que aí, para estragar a graça toda vão lá e a fazem parece uns trinta anos mais velha, com aquele penteado. Maaass esperançosos como somos, talvez possamos ver uma melhoria dessa melhoria no Oscar #oremos.

MELHOR ATRIZ – DRAMA: Brie Larson – O quarto de Jack

E por último, essa nova atriz/atriz nova, rs, hollywoodiana, que acabou de fazer o filme Room, baseado no livro de Emma Donoghue que já chegou entrando na fila do Oscar. Mas voltando ao look da atriz, nota-se bastante potencial, um dos vestidos favoritos da minha lista da noite, um dourado meio blazê de paetê, totalmente divo, make com um leve esfumado marrom e acessórios delicados. O look só não foi a minha escolha da noite porque faltou um belo penteado. Esse estilo solto, meio desforme, não combinou com todo o glamour do look. Fora esses pequenos detalhes técnicos, tá de parabéns, como disso antes, tem potencial e espero vê-la brilhando no Oscar.

Todo ano digo e me decepciono, mas espero morder a língua nesse: espero ver mais glamour no tapete do Oscar.

Pra finalizar de forma cômica, vamos com esse meme que persistirá ao longo de 2016 e que exemplifica meus pensamentos sobre os looks desse Golden Globe:

 

Créditos das imagens.


Gostou desse post? Então veja também:

3 3

Comments

comments

About Caroline Daudt

See all the posts by Caroline Daudt at this link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *